Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

naomedeemouvidos

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos..

naomedeemouvidos

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos..

18.Jul.18

A dupla negativa...

naomedeemouvidos
Já estávamos familiarizados com as delicadas inverdades, as inconvenientes fake news e os coloridos factos alternativos. Também não desconhecíamos os lapsus linguae (acontece aos melhores…) e as dramáticas descontextualizações; as proveitosas amnésias dos políticos e dos donos disto tudo e o desconhecimento periclitante e amador dos gestores de topo. Faltava-nos, no entanto, a inovadora e elegante dupla negação que Donald Trump (quem mais!?) invocou para se defender da chuva (...)
16.Jul.18

Redes Sociais: use com moderação...

naomedeemouvidos
Um dos mergulhadores ingleses que participou nas operações de resgate dos doze meninos tailandeses e do seu treinador sugeriu que Elon Musk podia “stick his submarine where it hurts”, que é como quem diz, ele que enfie o submarino onde lhe doer. Fantástico, não é? A brilhante tirada vinha na sequência – em declarações à imprensa – de uma pergunta sobre qual teria sido exactamente a intenção do CEO da SpaceX ao enviar o “mini-submarino” para Mae Sai. Na opinião do (...)
16.Jul.18

Fake you!

naomedeemouvidos
 Donald Trump voltou a ser Donald Trump. Depois das histéricas ameaças à NATO, depois dos insultos mais ou menos velados a Theresa May, depois dos disse-e-não-disse travestidos de fake news – tão caras ao próprio – o presidente dos EUA destratou, com pompa e circunstância, a rainha Isabel II. Pessoalmente, não me incomoda muito que um homem rude, malcriado e estilo arruaceiro de esquina mal frequentada atropele protocolos monárquicos e, pelo meio, sua alteza a rainha-mãe. (...)
11.Jul.18

O príncipe com orelhas grandes.

naomedeemouvidos
– Mamã, contas-me uma história? – Claro, meu amor. Foi há muito, muito tempo…   “Pairava no ar um cheiro a jasmim. Os passarinhos chilreavam pousados nos ramos castanhos das árvores frondosas e verdes do jardim do Castelo, enquanto os esquilos, macios e marotos, roíam avelãs que seguravam nas suas patinhas pequenas e ágeis. Algumas sardaniscas verde-esmeralda serpenteavam esbaforidas, em busca de um qualquer buraquinho minúsculo por onde se pudessem esgueirar. Coelhinhos (...)
11.Jul.18

A menina botão de rosa

naomedeemouvidos
– Mamã, contas-me uma história? – Claro, meu amor. Foi há muito, muito tempo…   “Havia, numa floresta, uma enorme casa onde vivia um casal de ricos mercadores. Marido e mulher eram muito amigos e, além disso, muito trabalhadores pelo que possuíam uma enorme fortuna. Mas também eram humildes e honestos e tinham conquistado o respeito dos seus amigos e de todos os habitantes das aldeias em redor. No entanto, uma nuvem de tristeza teimava em manchar tal quadro de felicidade. O (...)
11.Jul.18

10 coisas para fazer este verão

naomedeemouvidos
A Cátia Adriano Marques, do Nada acontece por acaso desafiou-me a participar no desafio 10 coisas para fazer este verão. Agradeço à Cátia, até porque devo ser a pessoa menos “blogger” que existe, se não à face da Terra, na comunidade Sapo, seguramente… Bom, não tinha pensado muito nisso à laia de desafio, mas vou tentar. Parece que as regras são _ Agradecer a quem me nomeou, fazendo uma ligação (...)
10.Jul.18

O milagre da vontade.

naomedeemouvidos
"Há uma força motriz mais poderosa que o vapor, a electricidade e a energia atómica: a vontade." É uma das minhas frases preferidas. Se dúvidas houvesse quanto à convicção de Albert Einstein, bastava ter estado com os olhos postos nestas treze crianças tailandesas e no seu treinador, nestes últimos dias. E, também, naqueles que se disponibilizaram a ajudá-los. Contra (quase) todas as expectativas, todos os peritos, todas as opiniões fundamentadas na técnica e na experiência (...)
28.Jun.18

Os políticos não são "tutti" iguais... ou são?

naomedeemouvidos
Não sei se os políticos são todos  iguais, mas que parecem, lá isso, parecem. Mas, nós, portugueses, também parecemos ter exactamente os políticos que merecemos. Lembremo-nos, sempre!, quem é o actual presidente da câmara de Oeiras e quem é que o elegeu. Recordemos Fátima Felgueiras. Deixemos assentar a poeira e, quiçá, José Sócrates ainda é capaz de chegar a Presidente desta bela República. Nunca fiando… Indignamo-nos com as cores dos cadernos para meninos e meninas, (...)
21.Mai.18

Cego, cego, não era só o amor?

naomedeemouvidos
Em tempos não muito distantes, palavras levava-as o vento e dos fracos não rezava a história. Mas, entretanto, chegaram as redes sociais, as palavras permaneceram contra todos os ventos e os fracos, deslumbrados, ganharam espaço e tempo de antena. De indignação em indignação, de pirraça em pirraça, de insulto em insulto, tão mais eloquente quanto mais cobardemente anónimo, ergueu-se, ali, um campo fértil para os frustrados, para os arruaceiros, para os populistas. E, (...)
16.Mai.18

O pior cego...

naomedeemouvidos
Diz-se que o pior cego é aquele que não quer ver. Ontem foi um dia “chato” para o futebol português e Bruno de Carvalho está como aquele homem da anedota, que vai no carro, ouve nas notícias que há um condutor em contra-mão na auto-estrada e exclama, “porra, não é um, são muitos!”. Bruno de Carvalho há muito que já devia ter sido corrido da presidência do Sporting. Corrido, porque, já todos percebemos, ele não vai sair pelo seu próprio pé. Está em negação (...)