Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Uma morte não será sempre uma morte.

por naomedeemouvidos, em 12.12.18

O Bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, não pode garantir que não haja mortes como consequência da greve de enfermeiros.

A Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, admite que a greve dos profissionais que representa pode "potenciar" mais mortes de doentes.

 

Como a greve se mantém, suponho que a morte em si não preocupe grandemente qualquer um dos intervenientes. O médico culpará o enfermeiro, que culpará o Governo, que culpará os sindicatos. Até que se consiga atribuir alguma responsabilidade, todos poderão dormir de consciência tranquila, imagino, com a irrelevante excepção dos familiares dos que morreram. Deve ser aquilo a que se chama "danos colaterais"; ninguém quer, mas acontece a bem de um outro bem maior.

 

A greve é um direito. Os motivos das greves, às vezes, espantam e as consequências, muitas vezes, enojam. Porque, ou há um manifesto exagero na anunciação da suspeitada trajédia, ou a trajédia é mesmo possível. Em qualquer dos casos, os protagonistas deviam ter vergonha.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:02

"TIME", e a luta contra a profanação da verdade.

por naomedeemouvidos, em 12.12.18

A revista TIME elegeu jornalistas como a Personalidade do Ano. Com especial destaque para Jamal Khashoggi, são evocados jornalistas que, ou foram mortos, ou estão presos porque se tornaram notória e irritantemente incómodos. A TIME chamou-lhes "Os Guardiões", agregando, na designação, o (bom, acrescento eu) jornalismo em geral, e é por estas e por outros que muitos acreditam que os EUA vão sobreviver apesar de Donald Trump, ao imberbe Donald Trump.

TIME1.PNG

TIME2.PNG

imagem aqui

 

Entretanto, no Brasil, um tiroteio numa catedral em Campinas fez mais quatro mortes estúpidas (parece que a 5ª é a do atirador e, essa, talvez não mereça a dimensão da agonia), enquanto, em Estrasburgo, outro tiroteio tirou a vida a outras três pessoas. Matar tornou-se tão banal como sair de casa todos os dias. Como há quem esteja absolutamente seguro que todos os males do mundo vêm dos imigrantes, principalmente pobres, que tomaram de assalto todos os países limpos e desenvolvidos, há-de ser fácil voltar a arrumar as casas, ou, neste caso, as nações. É só construir muros. E distribuir armas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:53



“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.