Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Gaffe ao meu ouvido.

por naomedeemouvidos, em 20.01.19

    Não recordo bem a data em que iniciei este blog. É-me completamente indiferente. Não gosto de dias de…uma ou outra vez esquecemo-los, por algum motivo estéril, e, sem querer, ofendemos alguém que nos é muito querido. Os meus mais queridos já me conhecem e perdoam-me.

    Creio que tem cerca de dois anos. O blog. Sem eu perceber bem como, esta estupenda rapariga passou por cá. Talvez a caminho das suas avenidas, cheia de graça e elegância, num doce balanço, astuta, crítica, inteligente, indomável. Seguramente, generosa. Imagino-a também generosa. Daquela generosidade que aquece sem estalar, como um suave sol de Inverno. Dizem que os ruivos, as ruivas, são raros e, por isso, especiais. É o que dizem.

    Deu-se o caso, o assombroso acaso, de nos cruzarmos virtualmente; e eu, que não acredito em coisa nenhuma que mereça a pena à primeira vista, sucumbi sem nada ver, por castigo ou por virtude, enxergando, afinal, mais do que esperava, sem saber como retribuir o carinho a que, talvez por tonta e démodé teimosia, por pudor desmesurado, não ouso chamar amizade. Afinal, no meu tempo, não era assim. Hei-de vir a cumprir penitência.

    À Gaffe, mais as suas admiráveis avenidas, o meu enorme obrigada. Por ter vestido com primor e mestria este pequeno espaço que, acabei por perceber, apavorada, não é meu somente. Agradeço-lhe pelo tempo, pela paciência…pelo atrevimento. Obrigada, querida Gaffe!

 

    Estou absolutamente certa de que todos os que por aqui se perdem, incautos, honrando-me com a sua passagem e presença, ficarão tão pasmados quanto eu, neste momento. A todos esses, a todos vós, agradeço também o desassombro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:35



“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.