Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Notre-Dame.

por naomedeemouvidos, em 15.04.19

Notrr-Dame.PNG

 

Hoje era o dia de Macron se dirigir ao país, numa tentativa - seria a segunda vez, creio - de esvaziar os protestos do movimento "gilets jaunes" que, há mais de vinte sábados consecutivos, mantém Paris a ferro e fogo; quase literalmente, em alguns deles. Numa coincidência dramática, algo macabra, quase de mau agoiro, Notre-Dame arde, e o pináculo da catedral acabou por ruir. É desolador, para mim, que conheço a cidade (que adoro) e aquele monumento em particular, “apenas” como turista. Não imagino como seja, este momento, para os franceses. Não. Na realidade, perdemos todos.

publicado às 19:42

A idade dos porquês.

por naomedeemouvidos, em 15.04.19

Cavaco Silva.PNG

 

 

“Porque é que países do Leste Europeu estão a ultrapassar Portugal em termos de desenvolvimento? Porque é que Portugal está a crescer menos do que a Espanha, do que Chipre e do que a Irlanda? Porque é que as previsões de crescimento da Grécia são superiores a Portugal?”

 

As interrogações carregadas e com um ligeiro toque de escândalo são de Cavaco Silva, em entrevista à Rádio Renanscença.

Pasmo sempre com a capacidade de indignação mais ou menos (in)contida dos políticos reformados. Ou de alguns, pelo menos. Daqueles que, depois de largarem os cargos onde raramente fazem o que podem pelo país sem esmorecer jamais na demanda de fazer mesmo o que não podem pelos seus, vêm insurgir-se contra todos os pecados de onde beberam e que os próprios ajudaram a construir e a perpetuar…A idade dos porquês abespinhados tem, para aqueles, dois momentos: ou quando estão na oposição, ou quando se reformam. A previdência e a omnisciência falha-lhes sempre que estão em posição de fazer a diferença. 

 

É verdade que o serviço público não se esgota nos cargos. E que a obrigação de criticar, de apontar o que se julga errado e de contribuir para a discussão pública não se esvazia, nem deve, no exercício do poder. O que é lamentável, miseravelmente, é o rasto que esta gente, entretanto, vai largando, sem sentir vergonha das consequências. É nesse sentido que temos tendência a considerar - às vezes, injustamente - que "são todos iguais". Mas, a verdade, é que já nem parece haver uns mais iguais do que outros.

publicado às 15:22



“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.