Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Neuras dos tempos que correm.

por naomedeemouvidos, em 02.10.19

Ando enfadada, por estes dias. E enfadonha, também. Há dias assim. Estamos à beira de eleições e, desta vez, apetece-me atirar a toalha, que é como quem diz, mandar tudo às urtigas, juntar-me ao coro dos desiludidos conformados, “são todos iguais”, “votar para quê?”.

Obrigado a ouvir e a ver notícias, por força de circunstâncias caseiras, à vista e ouvido de um outro escândalo, eventualmente, um mesmo, restaurado, em tempo de guerra, já se sabe, não se limpam armas, sejam elas obsoletas ou recuperadas, o meu filho pergunta, entre a inocência e o espanto, “mas os políticos são todos corruptos?”, e, então, penso se não será melhor comprar-lhe, finalmente, a televisão para o quarto e apontar-lhe uma espécie de exílio estratégico, higiénico, prudente, de quando em vez, por já me faltar o ânimo para lhe assegurar que não, de maneira nenhuma, ora essa, ainda há gente de valor e de carácter, não só entre o povo, como na política, na justiça, nas forças de segurança, ou no exército. Portugal está bem e recomendam-nos. Estamos é mal-habituados. Sei lá eu o que é um paiol.

 

Entre neuras, vou espreitar as estatísticas deste blogue. Por vezes, há coisas espantosas. Na "Origem das Visitas", encontro uma página de um site espanhol com uma fotografia e uma ligação para o meu “Mercados de alma”. A fotografia exibida, a minha, com que ilustro aquele meu post, direcciona os leitores daquela página para o meu texto; mas, sob a imagem, o que parece ser uma legenda, remete para o Mercado do Livramento, em Setúbal, considerado um dos melhores mercados do mundo, pelo USA Today, segundo esta notícia da Visão. Ora, a minha fotografia é do mercado de Cascais e a notícia da Visão nada tem a ver comigo ou com o meu texto.

 

Para evitar evitar mal-entendidos, o melhor mesmo é não ficar calada; por maioria de razão e necessidade, menos ainda no próximo Domingo. Quanto às neuras, até lá, ainda me passa...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:41



“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.