Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




     Não tenho o hábito de falar sobre a minha profissão neste blog, apenas porque não foi a pensar nisso que o criei. Mas, como estamos mesmo a começar um novo ano escolar, estava eu a pensar em novas estratégias e a delinear novas formas de abordagem para ajudar os meus explicandos - adolescentes, muitas vezes, desencantados com a Física, Química e Matemática (que horror!!!!!!) - quando me lembrei que ainda não tinha visto nenhum vídeo da Inês Guimarães. Senti-me algo envergonhada, uma vez que o projecto existe há algum tempo e encaixa na minha área de trabalho. Mas, como vale mais tarde do que nunca...lá fui.

     Para quem ainda não sabe quem é a Inês Guimarães, também não vou explicar muito. Vou, apenas, deixar este link, só para espicaçar a curiosidade e porque toda a gente sabe o que é um trinângulo, certo? Ummm... Ah, e dizer que, há cerca de dois anos, creio, a Inês criou o MathGurl, um canal de youtube onde a matemática ganha uma dimensão fora dos enfadonhos manuais escolares e das paredes de muitas escolas.

      Se tem filhos em idade escolar, nomeadamente, 9º ano para cima, mostre-lhe alguns destes vídeos; não dói nada e é capaz de se surpreender.

     Eu, decididamente, vou mostrar alguns dos vídeos do MathGurl aos meus explicandos, partindo, daí, para a tal análise inevitável dos programas escolares, consciente de que posso fazer mais e melhor com esta ajuda.

     E, já agora, porque não dar mais visibilidade ao projecto desta miúda, na comunicação social? Não rende tanto como a Cristina Ferreira, é um facto, mas, se calhar, valia a pena arriscar. Digo eu, que, como a Inês, também só tenho um neurónio...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)




“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

logo.jpg


Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.



Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.