Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Demasiado, para um dia só!

por naomedeemouvidos, em 02.10.17

Carles Puigdemont montou, inteligentemente, a ardilosa armadilha. Mariano Rajoy, trôpega e ingenuamente, caiu. A grande questão é: e agora? De facto, a arte e a responsabilidade de gerir um país não é, de facto, para qualquer um...

 

Passos Coelho é, hoje, um homem violentamente derrotado. Apostado num "diabo" que não chegava (e não chegou, a não ser a ele) e sem nunca ter conseguido digerir o afastamento do renovado cargo de primeiro-ministro pela habilidosa geringonça de António Costa e companhia, fez o PSD refém da sua amargura. Os resultados estão à vista.

 

Isaltino Morais deve estar a rir a bandeiras despregadas. Se eu fosse eleitor por Oeiras, hoje não sairia de casa com vergonha de que me confundissem com um dos seus apoiantes.

 

Nos EUA de Donal Trump, a demência prossegue em directo e em catadupa. Nem é preciso provocar a Coreia do Norte: o "homenzinho do foguete" tem muitos "amigos" armados e explosivos, mais neuróticos do que ele, dispostos, também a matar sem dó nem piedade. Desta vez, foi em Las Vegas...

 

Há dias em que é preciso fazer um esforço enorme para não sucumbir à escuridão...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:24


3 comentários

Imagem de perfil

De O ultimo fecha a porta a 02.10.2017 às 21:14

Faltou apontares uma coisa importante. Destaca-se excessivamente o Passos Coelho, mas ... e o futuro das cidades? As ideias? Acho chocante o centralismo da análise e não se discutir o que interessa e o objeto das eleições: as cidades. Alguém já teve algum segundo para perceber porque Ribau Estvees venceu em Aveiro? Talvez devido ao que defendia para mobilidade. E Ricardo Rio em Braga? Talvez as propostas para a cultura!
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 03.10.2017 às 07:35

Tens razão. Simplesmente, eu já estava suficientemente deprimida... fiquei só pelo óbvio. O branda falhanços das eleições autárquicas, em geral, é não aprofundarmos ideias e propostas. É mais cómodo pensar que são "todos " iguais e só mais do mesmo...
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 03.10.2017 às 09:44

os "correctores" ortográficos, às vezes, são um pouco perigosos... eu queria escrever o "grande falhanço"...

Comentar:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.