Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Erro ou negligência grotesca? E a que nível?

por naomedeemouvidos, em 18.10.19

" “Infelizmente há muitos colegas meus a fazerem ecografia, nomeadamente morfológica – que diagnostica malformações – e que não têm competência para isso. Isso não é uma competência adquirida pelo facto de ter a especialidade, é pós-graduada em relação à especialidade”, afirmou o médico obstetra e presidente da Sociedade, Luís Graça, em declarações à agência Lusa." "

 

"Ao avaliar face de um bebé na ecografia, um médico não detectar a ausência do nariz é “um erro grosseiro”, diz ao PÚBLICO Álvaro Cohen, médico obstetra e coordenador da comissão técnica em ecografia obstétrica do Colégio de Ginecologia/Obstetrícia da Ordem dos Médicos."

 

"O obstetra que não detectou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos."

 

"Além de quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos, o obstetra também foi investigado por um caso semelhante em 2011."

publicado às 09:51


20 comentários

Imagem de perfil

De MJP a 18.10.2019 às 10:17

Muito mau!!! :((

Beijinhos**
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 18.10.2019 às 10:20

Ainda não li nem vi as notícias sobre o assunto,tenho estado fora do mundo,outras preocupações tenhi.
Mas vou ler.
Imagem de perfil

De Luísa de Sousa a 18.10.2019 às 10:21

Como e possível???
Que negligência!!!
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 18.10.2019 às 16:31

É assustador.
Imagem de perfil

De imsilva a 18.10.2019 às 10:59

Ontem, à conversa com um enfermeiro chefe, falávamos da importância dos médicos há uns anos atrás. Eram deuses, hoje, têm pés de barro, porque será? Antigamente não se questionava decisão alguma, hoje proliferam as dúvidas e os medos, onde deveria existir confiança.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 18.10.2019 às 11:38

Não sei o que responder a isso. Os médicos não são deuses, e como em qualquer profissão, há competentes e incompetentes, os que têm brio e os negligentes. Um médico mau - como outro qualquer mau profissional - não torna "má" toda uma classe. Mas, é absurdo considerar quase uma ofensa admitir que que pode existir um, dois, três, os que forem, médicos incompetentes. O mesmo entre as profissões mais "sensíveis", como a advocacia, a docência, a enfermagem, etc, etc.

Há dúvidas e medos "de ouvido": com a quantidade de informação e desinformação disponível à distância de um clique, somos tomados por uma certa tendência soberba de nos acharmos especialistas em tudo, ou quase tudo. Mas há dúvidas legítimas que não podem ser desprezadas como se fossem um mero insulto.

Pode falar-se da solidez da formação académica, profissional, da falta de condições de trabalho, enfim, um conjunto de coisas que vão mudando por força das circunstâncias e que não têm que ver, necessariamente, com um "no meu tempo" ou noutro tempo, porque, apesar da estranheza dos novos, há coisas imutáveis. Ou que assim deviam ser. O que não se entende é que haja espaço para se afirmar o que se afirma em algumas destas notícias sem que quem tem responsabilidade de proteger a sua própria classe e, consequentemente, os utentes que desses serviços dependem, salvaguarde situações deste tipo. Se é um "erro grosseiro" e se é do conhecimento de entidades competentes que há profissionais a desempenhar funções para as quais não têm formação, o que é se passa, afinal? E o que se espera por parte de quem tem essa responsabilidade?
Imagem de perfil

De imsilva a 18.10.2019 às 14:46

Não posso discordar do que dizes. Foi também essa a nossa conclusão, o meu comentário foi só uma constatação sobre o que hoje se pensa e diz.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 18.10.2019 às 16:03

Sim, eu percebi:)) Sei que às vezes sou um pouco torpe nos meus comentários...

Beijos
Imagem de perfil

De Sarin a 18.10.2019 às 14:01

Sou suspeita para falar do assunto - admiro as ciências médicas, abomino o corporativismo que impera no sector (apesar das cada vez maiores excepções), aprecio o SNS e sinto-me defraudada cada vez que o liberalismo defende o seu enfraquecimento.

Há muitas questões que enuncias, e bem - mas há outras que também me incomodam, nomeadamente o facto de o médico prestar serviço no público mas as ecografias terem sido por ele feitas no privado e a escassos metros do hospital onde também trabalha.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 18.10.2019 às 14:01

É inadmissível os pais não terem sido informados da malformação do bebé.
Por outro lado, as notícias exploram tudo, lançam-se palavras que deviam ser guardadas e antes de se tomarem medidas para saber o que se passou, de facto.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 18.10.2019 às 16:32

É uma situação terrível.
Imagem de perfil

De cheia a 18.10.2019 às 22:45

Um horror! Se não estão preparados, por que razão as fazem! Os erros, com a vida, são muito mais dolorosos.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 19.10.2019 às 08:40

Não sei como se podem tomar atitudes tão levianas em circunstâncias tão sérias.
Sem imagem de perfil

De sandra sofia a 22.10.2019 às 13:43

Ui ui,essa notícia do bebé sem rosto,revelou-ma hoje o meu namorado porque eu,sendo sincera,não costumo acompanhar as notícias,gosto mil vezes mais de ver programas de música e ouvir rádio que dê muita música,contudo,apenas que ele me contou essa notícia,eu entrei em estado de choque,ainda chorei e deitei lágrimas por uns quinze minutos mas depois lembrei-me de que estreou uma telenovela na Sic ontem chamada "Amor à Vida" e hoje,no fim de ter chorado,lembrei-me de que a telenovela me fizesse rir e fez-me rir,embora o primeiro episódio não tenha terminado da melhor forma mas faço questão de continuar a acompanhar esta telenovela!! Continuação de uma excelente semana para ti,muitos beijinhos!!
Imagem de perfil

De júlio farinha a 24.10.2019 às 01:06

Os erros médicos, quando grosseiros, devem constituir crime.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 24.10.2019 às 08:58

De tudo o que tem vindo a público sobre os vários casos em que este médico está envolvido, quase parece intencional. Só não entendo como consegue (ou conseguia) manter-se no activo na medicina privada. Não é que entenda como se mantinha na pública; o que quero dizer é que, na pública, os pais - a grávida, em particular - não tem grande escolha. É inacreditável tudo o que se tem sabido. E é profundamente injusto para com os grandes profissionais que temos na área da saúde.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 30.10.2019 às 07:50

Já tinha lido. Tudo neste caso me enoja. Entretanto, o sr Carvalho verá a reforma chegar mais cedo do que tinha, provavelmente, previsto com uma advertência disciplinar para fingir que somos um país decente e assim continuaremos. Ah, e, evidentemente, conclui-se que será preciso aumentar a fiscalização...quem sabe, criar mais umas comissões para o efeito.

Comentar post




“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.