Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O dia depois de amanhã...

por naomedeemouvidos, em 26.09.17

Espanha prepara-se para produzir um mártir na guerra (não sei se com aspas ou sem aspas…) com a Catalunha. Em pleno século XXI, numa democracia europeia de um país desenvolvido, pondera-se gerar um preso político e pretende-se, com isso, esmagar uma vontade que, legítima ou não, grita cada vez mais alto e não parece querer dar tréguas.

Na Alemanha, pela primeira vez depois da segunda guerra mundial, abriu-se a porta a um partido cujo líder (um deles, pelo menos) apela aos alemães para  que “reclamem o seu passado”, enquanto afirma que uma ministra de outro partido deveria ser recambiada para a Anatólia… estendeu-se o tapete vermelho aos representantes do AfD, esse partido (que dizem ser) de extrema-direita, mas que não se identifica como xenófobo, antes se considera uma “alternativa”, essa palavra tão de moda que já não sei bem o que significa.

Entretanto, Kim Jong-Un e Donald Trump continuam a trocar mimos e a brincar aos soldadinhos de chumbo. O primeiro acusa o segundo de declarar guerra à Coreia do Norte e ameaça abater bombardeiros norte-americanos mesmo que em espaço aéreo internacional. O segundo (essa alma que dispara tweets à velocidade da luz, enquanto inventa atentados terroristas na Suécia, confunde a Namíbia com a Nâmbia e evoca a mulher “ausente” que está mesmo ali ao seu lado…) responde ao “homenzinho do foguete” informando-o que “não estarão por aí por muito mais tempo”, um alívio, portanto!

Por cá, as coisas estão bem mais tranquilas. Parece que só temos um candidato racista e xenófobo, a quem (quase) todos os comentadores e cronistas dizem que não se deve dar palco, mas que falam dele todos os dias.

Assim que, nada de novo. É como dizem, tudo está bem quando acaba bem. Oh!, espera…

  

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:10


21 comentários

Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 28.09.2017 às 12:17

Pode ser que o sapo invente uma espécie de canal de teletransporte, e eu envio-te um copo... ou uma garrafa! Curiosamente, um dos meus vinhos preferidos é o "papa figos" tinto... pelos vistos, bebe-se bem e "come-se" bem.

Os "bons valores", actualmente, parecem depender só de saber se conseguimos deitar a cabeça na almofada e dormir sem pesos de consciência. Resta só saber, como perguntava o meu filhote há dias, qual é o "peso" da "consciência" de cada um...... juro que, se o do teletransporte avançar, trocamos uns belos brindes...

Imagem de perfil

De Triptofano! a 04.10.2017 às 20:02

Há curiosidades na vida que talvez sejam mais que curiosidades e coincidências. A do Papa Figos é apenas uma delas. Mas sim, se o sapo inventar o canal de teletransporte envia-me meia garrafa e eu envio-te meio queijo, e assim fazemos uma valente ceia.

Tendo em conta que há tantos comprimidos e tão fortes para adormecer mesmo a consciência mais irritante os bons valores vão entrar em via de extinção não tarda. O teu filhote fez uma pergunta muito pertinente, fico feliz de não ter de ser eu a responder a ela, porque não sei o que iria dizer
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 06.10.2017 às 17:16

É verdade!

As crianças surpreendem pela inteligência simples das coisas e pela franqueza desconcertante. Às vezes, apetece-nos (a mim e ao pai) qualquer coisa meia oca, só para despachar. Mas criança é criança e só se deixam enganar quando querem... nisso também são mais inteligentes.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 06.10.2017 às 17:17

Queria dizer "responder" qualquer coisa meia oca...

Comentar post




“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.