Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Silêncios ensurdecedores.

Nem sempre pelos mesmos motivos.

por naomedeemouvidos, em 13.11.19

ft.PNG

Mazar-i-Sharif, Afeganistão, 1991, Steve McCurry.

Para ouvir mais.

publicado às 10:42


8 comentários

Imagem de perfil

De Miluem a 13.11.2019 às 19:24

Olá
Está fotografia logo num primeiro olhar tráz-me à ideia palavras dispersas.
Prisão, liberdade, beleza, refúgio.
Prisão, da senhora que vive num país onde não tem direitos, veste uma burca integral e pouco vê através das finas aberturas na zona dos olhos.
Liberdade, as pombinhas brancas podem voar.
Beleza, embora seja uma foto triste, é muito bela.
Refúgio, alimentar as pombinhas e estar no meio delas é um refúgio ao dia a dia.
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 13.11.2019 às 22:29

Olá!

Pensei tudo isso e mais. Além disso, creio que nos cruzamos com estas mulheres frequentemente, mesmo que, a princípio, possamos nem ver a burka.
Imagem de perfil

De Almerinda a 16.11.2019 às 19:06

Tantas burkas invisíveis, mas que estão lá a oprimir. Almerinda
Imagem de perfil

De Miluem a 16.11.2019 às 22:24

Olá é verdade, a burka é só um pormenor.
Imagem de perfil

De Maria Araújo a 14.11.2019 às 14:23

Uma foto cheia de beleza e ao mesmo tempo triste.
Mas a pomba branca traz paz e boas energias.
Fossem estas todas um bom sinal.
Imagem de perfil

De Vorph Valknut a 16.11.2019 às 13:43

Obrigado pela referência. Desconhecia
Imagem de perfil

De naomedeemouvidos a 16.11.2019 às 16:30

Gosto muito de fotografia. Podem contar muitas histórias, se as ouvirmos:))

Bom fim de semana!

Comentar post




“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

É só o que eu acho...

"A idade não traz só rugas e cabelos brancos." E, como digo ao meu filho, "Nem sempre, nem nunca."

Sou mulher, pelo que, metade(?) do mundo não me compreende. Tenho opinião sobre tudo e mais alguma coisa, pelo que, na maioria das vezes estou errada. E escrevo de acordo com a antiga ortografia, pelo que, não me dêem ouvidos...

Eu Sou Assim

Idade - Tem dias.

Estado Civil - Muito bem casada.

Cor preferida - Cor de burro quando foge.

O meu maior feito - O meu filho.

O que sou - Devo-o aos meus pais, que me ensinaram o que realmente importa.

Irmãos - Uma, que vale por muitas, e um sobrinho lindo.

Importante na vida - Saber vivê-la, junto dos amigos e da família.

Imprescindível na bagagem de férias - Livros.

Saúde - Um bem precioso.

Dinheiro - Para tratar com respeito.


Layout

Gaffe


Arquivo



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.