Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ahmad Rahman

por naomedeemouvidos, em 09.05.19

Ahmad.PNG

 

Aos oito meses, Ahmad foi atingido a tiro numa perna, na sequência de um conflito entre forças governamentais afegãs e elementos dos Taliban. A perna ferida do menino viria a ser amputada. 

Este é o vídeo em que Ahmad celebra a possibilidade de voltar a andar, a dançar, utilizando uma prótese.

 

Entretanto, no Brasil, crianças e adolescentes vão poder praticar tiro sem (até agora necessária) autorização judicial: passará a bastar o aval dos pais, ou de um responsável legal. O porte de arma passa, também, a ser mais fácil para "políticos eleitos, servidores públicos que trabalham na área de segurança pública, advogados em atuação pública, caminhoneiros, oficiais de Justiça, profissionais de imprensa que atuam em coberturas policiais, agentes de trânsito, entre outras categorias".

 

Como prometido, Bolsonaro junta-se, assim, ao amigo Trump nessa cruzada pela erradicação da violência armada, armando as potenciais vítimas. Dos alunos aos professores, dos políticos eleitos a outras categorias. Finalmente, alguém com ideias sobre como acabar com os tiroteios nas escolas, ou a violência nas ruas. É mais do que uma vergonha, embora, num caso e no outro, possam ser coisas diferentes.

 

 

 

publicado às 08:41


“Nada na vida deve ser temido; apenas compreendido.” Marie Curie.

Layout

Gaffe


naomedeemouvidos@gmail.com


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.